18 de novembro de 2019
Artigos / Jornal

MÚSICA EM MOVIMENTO DA PRÁTICA COMO EXISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DA MÚSICA

Post Image

PERFORMANCE: MÚSICA EM MOVIMENTO DA PRÁTICA COMO EXISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DA MÚSICA

A música é uma atividade; e como tal, exige-se o fazer humano. A despeito das abstrações teóricas, ela não é simplesmente algo conceitual, mas pensamento em ação. Música somente se dá a partir do movimento de pessoas imbuídas no processo do fazer, do performar. O objetivo do presente trabalho é abordar a origem do pensamento idealista ocidental em música e como este influenciou todo o desenvolvimento musical gerando uma hierarquização entre teoria e práxis, valorizando mais um em detrimento de outro, resultando em reducionismo no significado do fazer música, antes de se pensar no significado da música em si, mas da música para nós. O conceito de Obra musical apegada somente a notação musical e seu autor sem considerar o intérprete e sua contribuição ativa, não apenas reativa, é restrito e idealizado. Contrapomos o pensamento de Platão, Aristóteles, Pitágoras, Boécio, entre outros, com o de Sexto Empírico, como pensadores precursores no ocidente; o neoplatonismo da era cristã, e ainda musicólogos modernos que se defrontaram sobre questões estéticas da música. Entendemos que o fazer-música é cerne da existência dela, a música.

Baixe o Artigo Completo Aqui!

So Sublime The NameSampaGlorioso Name (Band) J.S.Bach Prelude VI (Synth Version)